PEDRO CHORAO.jpg

16 JUL > 16 AGO

AZUL A SUL

Afirmada solitariamente nos difíceis anos 70, parcialmente ocultada pelas promoções de 80, a pintura de Pedro Chorão vai impondo a sua resistência ao tempo, crescendo com o tempo, como as obras que importam.

Alexandre Pomar

As paisagens de Pedro Chorão, centradas em conceitos como perto e longe, interior e exterior, peso e imponderabilidade, resultam do exercício apaixonado perseverante e discreto da pintura desenvolvido há longos anos numa procura de elementaridade expressiva, por vezes ascética...

Paulo Henriques

Nasceu em 1945. Entre 1963 e 1967 viveu em Liverpool, onde começou a interessar-se por pintura. Frequentou o curso de História da Arte na École du Louvre, Paris (1967-1968) e Arqueologia na École Pratique des Hautes-Études, Paris (1967-1968). Licenciou-se em Pintura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa em 1976. Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian em Paris (1976-1978) e em Portugal (1987- 1989).

BACK copy.png