Thierry Simões
Thierry Simões

press to zoom
Thierry Simões
Thierry Simões

press to zoom
1/1

24 JUL > 6 AGO

Sob a copa de uma árvore em flor naturalmente retira-se o chapéu / Eventualmente flores vão caindo para dentro / Preenchido caminha-se com ele nas mãos e cabeça nua / A chegada dobra-se, chega-se com papéis preparados, as flores e sai-se - como o chapéu é devolvido à cabeça as flores libertam-se do cheiro e da cor / Dias passam / Passado uns dias dobra-se para se encerar as folhas de papel.

BIO

Apresenta-se “luz do dia à porta diariamente” Boqueirão da Praia da Galé Lisboa 1993 (em que um desenho altera-se na duração da sua apresentação e até o ultimo dia). Eventualmente totalmente implicado nas edições « Il me rappel – que sa pelle morde comme l´os est blanc », apresenta-se na ultíma “nova” morada: “Câmera Lúcida” realizado em colaboração com Ramiro Guerreiro, galeria municipal Quadrum, Lisboa 2020.

 

el-escolalivre.blogspot.com iimartacaldas.blogspot.com patiodotejolo.tumblr.com sismografo.org cristinataide.com/exhibitions/armazem145.html

meelpress.com fundacaocarmona.org.pt artadentro.com

 

Colecções: Biblioteca do Vaticano Biblioteca do Mosteiro dos Geronimos Museu de Arte Contemporânea de Nitéroi do Rio de Janeiro Fundação Carmone e Costa Madeira Corporation Services OTR. Espacio de art EDP

BACK copy.png